Fotógrafo em Destaque: Fabio Costa

Fale um pouco sobre você.

Meu nome é Fabio Costa, mas sou conhecido por muitos como Fagu. No momento, trabalho como diretor de Arte em uma agência de publicidade e comunicação em Paris. Tenho 36 anos, sou fotógrafo amador e gosto de fotografar as ruas, pessoas, situações do cotidiano. Faço parte de um coletivo internacional de fotografias de rua chamado street-photographers.com, do qual tenho muito orgulho.

Untitled

O que te fez começar a tirar fotos, e há quanto tempo você fotografa?

Uma soma de fatores: Eu estava cansado do cotidiano e do meu trabalho na época e trabalhava com planejamento em uma agência de comunicação. Ao mesmo tempo, eu havia ingressado em uma pós-graduação em história da arte, o que me abriu a mente e despertou a vontade de fazer algo que eu pudesse me expressar. Como sempre me achei péssimo para o desenho, pintura e gêneros, resolvi fotografar pra mim. Sem nenhuma pretensão artística. Como eu citei o cotidiano anteriormente, eu havia percebido que eu fazia tudo igual todos os dias, então pensei que se eu tentasse fotografar diariamente, tentaria buscar algo diferente, o que me fez enxergar o mundo de outra maneira. Tentava achar algo de extraordinário dentro do banal. Comecei a observar as pessoas e comportamentos, as ruas, fachadas de prédios, mudava os trajetos para o meu trabalho, enfim. Eu tinha uma ideia de fotografar todos os dias, como uma espécie de diário. Fotografava tudo, mas o que eu mais gostava eram as ruas e as pessoas. Fotografo diariamente desde 23 fevereiro de 2005, meu aniversário.

Rue du Faub. Saint-Antoine, Paris 2014

O que mais te fascina em fotografia? Como você descreveria seu estilo?

O que me fascina é o que de certa forma eu citei. Enxergar o mundo de outra maneira. Tudo mudou para mim depois que eu comecei a fotografar. Aprendi muito sobre os outros, mas muito mais sobre mim mesmo.
Eu não sei como descrever « meu » estilo porque eu não sei se tenho um. Tenho é motivos que prefiro, coisas que eu busco como elementos gráficos, luzes e sombras, cenas insólitas, olhares vagos como os das obras de Hopper, etc.

Rue Saint-Martin / Centre Pompidou - Paris 2013

Qual é o seu equipamento? E você usa algum equipamento especial ou usa técnicas especiais?

Tenho duas cameras: Uma fuji x100 com a qual ando pra cima e pra baixo por ser mais discreta e leve, e uma Canon 5D mark II com 35mm e às vezes 50mm. Sobre equipamento e técnicas especiais, não tenho nada a respeito. Minha fotografia é crua e prefiro investir em livros do que equipamentos.

Como é seu processo de postagem? (como Técnicas Especiais, Filtros favoritos, etc.)

Eu passo menos de 5 minutos por imagem, normalmente. Costumo ajustar algumas coisas no câmara raw, e às vezes enquadro levemente.

csuper, Ivry Sur Seine, 2014

O que você mais gosta no Flickr? Quando você conheceu o site e porque ele abriga suas fotos?

Acho que o que mais gosto do Flickr são os amigos que conheci por aqui. Encontrei muita gente bacana, alguns são amigos meus até hoje, tanto no Brasil como no exterior. Aos do Brasil, devo muito. Me ajudaram, deram dicas, dois deles inclusive me deram uma camera e lente me dando o maior apoio, saíamos para fotografar aos finais de semana, tomar cervejas e cafés. Era uma ótima época da qual sinto muita saudade.
Eu comecei a postar fotos em 2006 acho, e era mais pra compartilhar com minha família minhas tentativas, com o tempo fui trocando ideias com pessoas, conhecendo outras.

Untitled

Que outro membro do Flickr ou grupo te influencia?

Há muitos, mas eu poderia citar como membros: Gustavo Gomes, Hudson Rodrigues , Alison McCauley, John Goldsmith e Flavia Valsani.

Os grupos que posso citar são Don’t Be A Lemming, Beyond Obvious e HCSP (Hardcore Street Photography).

Untitled

Qual é a sua foto favorita na sua conta e por quê?

to Li Wei

Minha foto preferida é essa por diferentes razões. Eu estava caminhando no Parque de la Villette, em Paris e havia na época uma série de fotos do Li Weii expostas pelo parque. As fotos dele sempre possuem esse lado surrealista, e acabei fazendo uma justaposição com as fotos dele. Eu sei que muitas vezes esse tipo de fotografia pode ser clichê, mas eu realmente gostei porque acho que tem uma ligação forte com a mulher deitada no primeiro plano, o rapaz ao fundo praticando capoeira, e me dá uma impressão quase que como se ele tivesse saindo da fotografia ao fundo. Essa junção de elementos reforça uma ideia de que a mulher estaria sonhando com tudo isso, trabalhando com essa ideia surreal à la Dali, com humor.

E quais são suas 3 fotos favoritas de outros usuários e por quê?

Questão difícil, escolhi essas três acho porque gosto desse lado quase surrealista dessas imagens.

One more drink and I'll take my balalayka
.
Powered by Horse Feed

O que mais você curte além de fotografia?

Museus, cinema, arte, música…

Se tem um segredo que você gostaria de compartilhar com o Flickrverse, qual seria?

Não é bem um segredo pois acho que não tenho nenhum, mas eu diria para as pessoas fotografarem para elas e não se preocuparem com os outros.

Untitled

Complete: Em 5 anos, eu…
… gostaria de continuar fotografando diariamente, assim como tenho feito ha 10 anos, e cada vez melhor, ao menos para mim.

Obrigado pela entrevista, Fagu!

Para ver mais do trabalho do Fabio, você pode visitar o Instagram (@fabiofagu), a página do Facebook e o site pessoal dele. e, é claro, dê uma olhada na conta do Flickr dele e siga-o se quer ficar de olho nas novas fotos.

Untitled